Horta da Moura: Alentejo elegante na beira do lago

O aspecto, e nem poderia ser de outra maneira, é o de um típico monte alentejano, rodeado de longas pradarias a perder de vista, de oliveiras e azinheiras que acabam junto à água, ali, onde o Guadiana e o Degebe se unem no grande lago. Quase paredes meias com a imensa albufeira, esse mar interior que mudou a face do Alentejo, fica a Horta da Moura, um pequeno e simpático turismo rural, onde as casas são caiadas de branco, debruadas de um azul quase tão profundo como o do céu.

O Castelo e Monsaraz parecem fazer sombra à propriedade, onde as pequenas ruas empedradas levam a várias casinhas, afinal grandes e confortáveis quartos, intimistas e completos, perfeitos para uns dias retemperadores. Os detalhes são uma evocação perfeita do Alentejo, desde a porta de entrada com cores garridas, à lareira que quase não é precisa por ali a temperatura ser, mesmo nos dias mais frios, perfeitamente amena.

Mas a Horta da Moura é muito mais do que confortáveis alojamentos. É também um convívio pleno com a natureza, seja pela convidativa piscina, seja pelos enormes campos de cultivo que rodeiam a propriedade, seja pelos programas que proporciona aos hóspedes mais exigentes. De barco, de bicicleta ou a cavalo, ou então numa tão século passado charrete, a Horta da Moura organiza passeios à medida de cada cliente, de maneira a que o Alentejo profundo passe a ser mais íntimo e pessoal.

Mesmo quem nunca andou a cavalo, pode aqui ter a primeira experiência com este tipo de montaria, ou então, se preferir uma aventura mais calma, deixe-se transportar por um dos burros dóceis que agora fazem as delícias dos visitantes, em especial dos mais novos. Tudo actividades que vão servir para lhe abrir o apetite, que pode e deve ser saciado no restaurante Feitiço da Moura, pleno de sabores e, essencialmente, de cheiros do Alentejo. Os Gaspachose a Açorda fazem parte da ementa regular, devidamente harmonizados com os vinhos que também são embaixadores da região.

Aliás, os sabores do Alentejo não terão de ser obrigatoriamente sentidos e apreciados entre os muros da propriedade. Para os que preferem um convívio mais próximo com a fauna e a flora da região, ou que pretendam fazer um almoço ou um lanche com os pés nas águas da albufeira do Alqueva, há também a hipótese de encomendar a merenda para levar para o campo, proporcionando a Horta da Moura toda a logística necessária para uma refeição diferente.

Naturalmente, a Horta da Moura está disponível para receber os hóspedes que apenas procuram o silêncio retemperador do Alentejo, mas proporciona, aos que procuram mais, uma série de pacotes promocionais temáticos criados para potenciar o melhor da região, com valores a partir de €90 para duas noites de estadia. Há o programa Alqueva Romântico, com jantares à luz das velas, outro de Caça no Alqueva, e ainda um outro com vistas a Monsaraz e Amieira. Os mais interessados na vegetação e nos animais podem optar pelo programa Natureza e Animais, havendo também a opção Alqueva Radical. Por fim há dois pacotes dedicados aos sabores e aos prazeres do palato. Um deles destina-se aos aprendizes de cozinheiro, chamado Cozinhando com o Chefe, e o outro é um programa Enogastronómico, com direito a vinhos e a queijos no quarto e a visitas à adega Ervideira.

Fonte: Boa Cama Boa mesa

Gostou deste artigo? Partilhe com os amigos!